CURIOSIDADE: O HOMEM TEM UMA COSTELA A MENOS QUE A MULHER?

É esta uma pergunta (e às vezes até uma afirmação precipitada!) feita por pessoas sinceras que desejam saber se aquela operação cirúrgica teve efeitos permanentes em toda a descendência masculina de Adão. Mas também é uma pergunta feita muitas vezes com o propósito de menosprezar o texto bíblico, dando a entender que a Bíblia declara (em algum lugar não definido) que todos os homens têm uma costela a menos que as mulheres!
Em primeiro lugar, deve ser dito que não existe nenhum texto bíblico que faça qualquer menção ao suposto fato de a descendência masculina de Adão possuir uma costela a menos, ou a sua descendência feminina possuir uma costela a mais.
Todos os seres humanos, quer sejam homens, quer sejam mulheres, têm 12 pares de costelas, a não ser que se verifique alguma anomalia genética que altere esse número, o que poderia acontecer indistintamente tanto no homem quanto na mulher. Anomalias desse tipo são observadas às vezes também em outros caracteres externos, tanto no homem quanto na mulher, podendo ser facilmente observadas. (É o caso, por exemplo, da chamada "hexadactilia", ou seja, do nascimento de pessoas com seis dedos, sejam nas mãos, sejam nos pés).
Os primeiros sete pares de costelas são ligados diretamente ao esterno mediante cartilagens, e são chamados de "costelas verdadeiras". Os três pares seguintes não se ligam ao esterno, mas sim à sétima costela, também mediante cartilagens, e são chamadas de "costelas falsas". Os dois últimos pares ficam apenas nas partes laterais do tórax, não chegando à parte frontal; suas extremidades ficam flutuando, pelo que são chamadas de "costelas flutuantes".
Em segundo lugar, a manutenção do padrão construtivo de todos os órgãos e sistemas do corpo humano, no decorrer das gerações, é uma das maravilhas do seu projeto, o que indica a existência de planejamento e propósito, bem como sabedoria infinitamente superior, e poder além de toda a nossa compreensão!
Mesmo que algum acidente eventual acarrete a perda, por exemplo, de um dedo, os descendentes do acidentado nascerão com o número completo de dedos.

Tórax e costelas
1 a 7 - costelas verdadeiras

8 a 10 - costelas falsas

11 e 12 - costelas flutuantes

13 a 15 - esterno

13 - punho

14 - corpo

15 - apêndice xifóide

16 - 1a vértebra dorsal

17 - 12a vértebra dorsal

Caracteres adquiridos não se transmitem aos descendentes - é esta uma importante lei da Biologia, muitas vezes esquecida pelos defensores mais ardorosos da filosofia da Evolução, os quais, para defendê-la, chegam até a deixar de lado as evidências dos fatos observados. É conhecido, por exemplo, o caso de criadores de certas raças de cães, que durante séculos têm cortado a sua cauda, e apesar disto toda a sua descendência, nas sucessivas gerações, até hoje, continuou a nascer com cauda, como os seus antepassados.

Extraído do site: natureza viva

4 comentários:

  1. Importantíssimas informações, uma vez que as pessoas querem forjar "provas" para desacreditar a Bíblia.

    ResponderExcluir
  2. Muito esclarecedor!!!! Estou acompanhando seu blog e estou amando!! Parabéns! Beijos

    ResponderExcluir
  3. http://fimescinep.blogspot.com/
    Olá
    virei sua seguidora quando puder
    da uma passada no meu???
    vlw
    parabéns pelo blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns, para os ignorantes da bíblia bela resposta....obgd.

      Excluir

Seu comentário contribuirá muito para a continuidade deste trabalho.
Obrigado!!!

Juliana Olivencia